Ligue-se a nós

Sociedade

Piscinas de São Pedro de Moel revisitadas pela lente de João Silva

“Tenho interesse por sítios abandonados e espaços com muita história”, conta João Silva ao Notícias de Leiria.

Publicado

em

João Silva
Foto: João Silva

João Silva é motorista de profissão, em Lisboa, para uma marca de cervejas, no resto do tempo capta memórias, pedaços de história caídos e destruídos pelo tempo e abandono.

O seu mais recente vídeo é sobre as Piscinas Oceânicas de São Pedro de Moel, desativadas desde setembro de 2013 e captadas por inúmeras lentes e até um videoclip da banda de Alcobaça, os The Gift.

PUBLICIDADE

Piscinas de São Pedro de Moel

Piscinas de São Pedro de Moel

Pubblicato da joao_bags su Domenica 7 giugno 2020

“Tenho interesse por sítios abandonados e espaços com muita história”, conta João Silva ao Notícias de Leiria confessando que sempre que entra “num destes locais questiono-me como foi possível chegar a este ponto?”.

Quanto à escolha dos sítios, vai surgindo muito à boleia dos comentários nas redes sociais. A sugestão para uma ida às Piscinas de São Pedro de Moel foi feita no vídeo sobre a extinta discoteca GreenHill.

Greenhill vista de outra prespetiva 😔😔

Pubblicato da joao_bags su Domenica 17 maggio 2020

A viver no Bombarral, começou a fotografar e a filmar há dois anos. Contudo, só recentemente se começou a “dedicar mais a sério”.

Com mais dois amigos, nas filmagens usa dois drones, uma câmara go pro e uma gimbel. O vídeo das Piscinas de São Pedro, por exemplo, demorou quase três dias a ser editado.

Quanto à história dos locais, não obstante às suas próprias pesquisas, conhece-os através dos comentários nas redes sociais. Pessoas que partilham momentos, recordam episódios, identificam colegas que também, um dia, por ali se cruzaram.

Tal como, não muito longe dali, o caso da discoteca Babooshka, em Pataias.

Com 26 anos e seduzido por sítios que não conheceu em funcionamento, João Silva só se aventura em locais acessíveis, “locais que não sejam complicados de entrar e que já lá tenham estado mais pessoas, não quero problemas”, conta ao nosso jornal.

Para o próximo vídeo viajará até Mitrena, em Setúbal, aos antigos e abandonados barcos que faziam a travessia Setúbal-Tróia.

Um obrigado a todos!

Quero agradecer a todas as pessoas que estão desse lado. A quem me acompanha desde o início. A quem acompanha há pouco tempo. A quem acompanha quando pode ou quando quer. E também a todos aqueles que já passaram por cá e que por uma ou outra razão deixaram de o fazer. Obrigado a quem passa por cá todos os dias. Obrigado a quem passa por cá e faz questão de deixar a sua marca. E obrigado a quem prefere passar por aqui em silêncio. Obrigado também a todos os que me enviam mensagens.Obrigado por tudo aquilo que me têm ensinado ao longo destes meses. Obrigado pelos momentos de partilha. Pelos animados diálogos. Pelos sorrisos, pela emoção e pelas lágrimas. Tem sido uma viagem divertida e um milhão de palavras não seria suficiente para vos agradecer. Por isso, a cada um de vocês o meu sincero obrigado. Este crescente “sucesso” é um mérito vosso. Beijos e abraços a quem está aí.

Pubblicato da joao_bags su Lunedì 15 giugno 2020

.

Tenho 35 anos, sou natural de Leiria e licenciada em Jornalismo. Há mais de 10 anos que escrevo e conto notícias, primeiro apenas para a rádio e agora também para o digital.

COMENTÁRIOS

Recomendado




Recomendado




POPULARES