Ligue-se a nós

Sociedade

Obras para tornar Avenida Heróis de Angola mais atrativa terminam dia 20 de novembro

Em todos as fases das obras ficará garantido, segundo a Câmara de Leiria, o acesso à rede de transportes públicos de passageiros, táxis, veículos de emergência e comércio local.

Publicado

em

Avenida Heróis de Angola
Foto: Avenida Heróis de Angola em Leiria / NL

O Município de Leiria justifica as obras de requalificação na Avenida Heróis de Angola, em Leiria, com o objetivo de a transformar em Avenida Cultura Urbana, ou seja, um conceito que visa a criação de uma imagem mais positiva e adaptada à realidade da pandemia da covid-19, justifica o município em comunicado enviado às redações.

Com final previsto para 20 de novembro, caso as condições climatéricas o permitam, a intervenção prevê um conjunto de trabalhos, incluindo a requalificação e alargamento de passeios, pavimentação e a pintura de uma ciclovia, que irá fazer parte da pista a criar entre o Centro Hospitalar de Leiria e o Estádio Municipal, medida de incentivo à utilização da bicicleta.

Num investimento de cerca de 300 mil euros, o Município irá ainda instalar floreiras e plantar árvores ao longo de toda a Avenida e no Largo Comendador José Lúcio da Silva, bem como colocar bancos e mobiliário urbano mais atrativo, um sanitário público, parqueamento de bicicletas, ilhas de permanência e esplanadas, faz saber a autarquia.

Quanto ao estacionamento automóvel terá um aumento de quatro lugares. “Terão mais espaço e mais lugares para estacionar (de 72 aumenta para 76), uma vez que serão reduzidas as zonas para cargas e descargas (passam de 15 para seis), e serão mantidos os lugares para condutores com mobilidade reduzida (4), para motas (8) e para carregamento de veículos eléctricos (4)”, explica a autarquia de Leiia.

A pavimentação terá início no dia 29 de outubro, no Largo Comendador Teatro José Lúcio da Silva, com uma duração prevista de dois dias úteis, passando os trabalhos para a Avenida a partir do dia 2 de novembro e devendo terminar a 6, com a fresagem e pavimentação da faixa de rodagem e estacionamento.

De 9 a 20 de novembro, serão colocadas as floreiras e plantadas as árvores, estando a pintura da ciclovia prevista para 12 e 13 e a marcação rodoviária do pavimento deverá ser feita entre os dias 18 e 20, adianta a Câmara de Leiria.

Para o presidente da Câmara Municipal, Gonçalo Lopes, trata-se de “uma necessidade de criar uma cidade segura no contexto COVID-19”, acrescentando que “temos de preparar a cidade para um ambiente em que o vírus convive entre nós, mas temos de manter a nossa atividade”.

As obras agora a acontecer foram apresentadas em junho, no âmbito do Programa Renovar Leiria.

POPULARES