Ligue-se a nós

Sociedade

Natal: Emigrantes de férias em Leiria vão ter testes covid-19 gratuitos

“Leiria Protege Economia” assenta em quatro eixos de intervenção: apoio às empresas, viver o Natal, apoio à restauração e isenções e reduções.

Publicado

em

Túnel de Luz, Leiria
Foto: Túnel de Luz, Jardim Luís de Camões, em Leiria / NL

O Município de Leiria anunciou esta segunda-feira um conjunto de medidas de apoio à economia do concelho, sobretudo, para micro e pequenas empresas, com enfoque na área do comércio e restauração, no contexto da pandemia da covid-19.

No âmbito do Natal, serão disponibilizados testes gratuitos aos emigrantes que vieram passar férias a Leiria, de forma a prevenir a propagação do vírus.

Denominado “Leiria Protege Economia”, o programa de apoio à economia, apresentado pelo presidente da Câmara, Gonçalo Lopes, através da página de ‘facebook’ do município, tem como objetivo promover a recuperação económica e social e reforçar a resiliência do território face à pandemia da covid-19.

“Queremos implementar as medidas com o espírito covid: ações concretas num curto espaço de tempo. Apostamos em ações táticas, reativas, práticas e efetivas. Teremos uma despesa extraordinária e abdicamos de parte de receitas de 2021, mas, tendo as contas em dia, podemos estar ao lado dos leirienses”, disse Gonçalo Lopes.

O conjunto de medidas assenta em quatro eixos de intervenção: apoio às empresas, viver o Natal, apoio à restauração e isenções e reduções.

“O Natal é um período decisivo de recuperação económica de muitas das empresas e este é um Natal diferente. Queremos transações em segurança, mantendo os postos de trabalho”, acrescentou Gonçalo Lopes, considerando que o comércio e a restauração são os setores mais afetados com o confinamento.

À semelhança do fundo de emergência criado em outubro para apoiar famílias carenciadas, será também criado o Fundo de Emergência de Apoio Comercial e Empresarial “Leiria Protege”, cujo regulamento irá atribuir apoios extraordinários à recuperação da atividade.

O “Leiria Christmas Market”, a isenção do pagamento nas zonas de estacionamento municipal de duração limitada a partir das 17:00 nos dias úteis e ao sábado, até 10 de janeiro, são algumas das medidas direcionadas para o comércio.

A autarquia vai ainda apoiar a digitalização do comércio e criar prémios e vales para quem compra localmente.

A campanha “Leiria no Prato” irá dar a conhecer os restaurantes, pastelarias e cafés de Leiria “seguros” para que as pessoas possam continuam a frequentá-los, de forma presencial ou em ‘take away’.

Este setor beneficiará ainda de isenção das taxas de esplanada até ao final de 2021, alguns destes equipamentos foram criados excecionalmente durante a pandemia para fazer face à diminuição da lotação no interior.

O programa contempla ainda o apoio social. Gonçalo Lopes revelou que as juntas de freguesia receberam 500 pedidos de ajuda de famílias desfavorecidas.

A iniciativa “Terra Alimenta Leiria + Solidário” contribuirá para a diminuição do desperdício alimentar que se gera na cadeia de produção e distribuição de alimentos, fazendo chegar esses produtos a quem mais necessita.

O presidente explicou que irá solicitar aos produtores, vendedores e clientes do Mercado de Leiria a oferta de produtos e a própria autarquia irá comprá-los para doá-los às Instituições Particulares de Solidariedade Social sem apoio de fundos públicos de Leiria.

O programa contempla ainda a isenção ou redução do pagamento de rendas em edifícios e espaços municipais no decurso do ano 2021, para atividades culturais ou desportivas de “interesse municipal”.

Segundo dados da Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, o concelho tem 1.110 casos de infeção pelo novo coronavírus desde o início da pandemia, dos quais 752 já recuperaram. Há registo de 20 mortos, verificando-se 338 casos ativos.

Leiria é um dos concelhos de risco elevado, passando a ter recolher obrigatório a partir das 00:00 desta terça-feira.

POPULARES