Ligue-se a nós

Desporto

Final 4 da Taça da Liga em Leiria equivale a 75 M€ em publicidade

A autarquia usa o exemplo de Braga, a cidade que recebeu as três últimas edições da prova.

Publicado

em

Leiria Final Four Lettering
Foto: Leiria Final Four Lettering / Município de Leiria

A realização da Final 4 da Taça da Liga pode representar, em termos de notoriedade de Leiria, o equivalente a um investimento de 75 milhões de euros em marketing, adianta o Município de Leiria.

As contas baseiam-se nos números da última edição da Final 4, em Braga, onde a transmissão televisiva da final desta competição chegou a 1,6 milhões de pessoas, um share de 33%, tendo a audiência de toda a competição chegado a 3,3 milhões de pessoas, na RTP e Sport TV.

No estádio, segundo contas do Município de Leiria, foram cerca de 47 mil as pessoas que marcaram presença para assistir aos jogos, numa operação que envolveu 810 jornalistas e outros profissionais de comunicação. O jogo da final representou 135,5 horas de transmissão televisiva, gerando 6.888 notícias, nas quais a cidade anfitriã está sempre em destaque, aponta o município.

“Este evento, além da vertente desportiva, traduz-se numa grande festa para o concelho, de que é exemplo a fanzone, que na mais recente cidade anfitriã [Braga] atraiu mais de 200 mil pessoas, envolvidas em mais de 160 atividades”, justifica o município de Leiria.

Consideranto tratar-se “dos eventos desportivos de maior impacto em Portugal”, o Município de Leiria vai investir, para as três edições, “600 mil euros, caso o evento tenha público e caso a presença do público não seja possível este valor será substancialmente inferior”, afirmou Carlos Palheira, vereador do Desporto da Câmara de Leiria, em resposta ao Notícias de Leiria.

A cidade de Leiria foi a escolhida em detrimento do Funchal, na ilha da Madeira, e vai receber no Estádio Municipal a primeira das três edições da ‘final four’, entre 16 e 23 de janeiro de 2021, numa versão da prova com um formato excecionalmente reduzido devido à pandemia da covid-19.

POPULARES