Ligue-se a nós

Sociedade

Costa e o novo confinamento: “Temos mesmo de dar um passo atrás”

Novas medidas entram em vigor na sexta feira e serão muito semelhantes às de março e abril. Escolas vão manter-se em funcionamento em todos os ciclos.

Publicado

em

António Costa
Foto: Reprodução Facebook República Portuguesa - XXII Governo

O país vai entrar de novo em confinamento às 00h00 do próximo dia 15 de janeiro. A notícia foi avançada pelo primeiro-ministro António Costa no final do conselho de ministros que definiu as medidas a adotar na renovação do estado de emergência.

As regras do novo confinamento “vão ser como as de março e abril” mas sem fechar as escolas, mas “a regra é ficar em casa”.

“Vamos manter em pleno funcionamento todos os estabelecimentos educativos como têm estado a funcionar até agora”. Esta é “a única nova e relevante exceção”, afirma o PM.

António Costa afirma que tem consciência das “enorme consequências” do confinamento geral, mas diz que também sabe “que o custo da vida humana não em preço”. “Temos mesmo de dar um passo atrás e voltar ao confinamento”, afirmou o primeiro-ministro.

Medidas confinamento 15 de janeiro 2021

Medidas confinamento 15 de janeiro 2021

POPULARES