Ligue-se a nós

Cultura

Congresso “O Futuro da Nossa Cidade”: Quer ver de perto a arte xávega ou virar de perto o peixe na lota do pescado?

“O Futuro da nossa Cidade” tem como protagonistas os 805 mil habitantes que vivem nos 26 municípios que, desde maio, têm contribuído para fortalecer a candidatura de Leiria a Capital Europeia da Cultura.

Publicado

em

Rede Cultura 2027
Foto: Facebok Rede Cultura 2027

O Congresso “O Futuro da nossa Cidade” vai-se despedir com dois dias, 23 e 24 de outubro, de atividades culturais divididas entre Leiria e Caldas da Rainha.

Dois dias que lançam, no nosso território, um debate europeu sobre a importância da cultura, como elemento de coesão territorial fundamental para o futuro das cidades.

“Cabe a Tolentino de Mendonça abrir e a François Matarasso fechar, mas no programa de encerramento do congresso “O Futuro da nossa Cidade”, a decorrer nos dias 23 e 24 de outubro, em Leiria e nas Caldas da Rainha, os protagonistas são os 805 mil habitantes que vivem nos 26 municípios que, desde maio, em plena pandemia, têm participado, partilhado e contribuído para fortalecer a candidatura de Leiria (e 25 municípios vizinhos) a Capital Europeia da Cultura”, refere uma nota de imprensa da Rede Cultura 2027 .

Para os dois dias do encerramento estão previstas ações como concertos dos The Gift e da Orquestra Sinfónica de Tomar, a presença de Alexandre Quintanilha e de Kepa Korta ou, ainda, a disseminação de dezenas de roteiros imersivos pelo território.

Ver de perto a arte xávega ou virar de perto o peixe na lota do pescado? Saborear a caldeirada da Chef Patrícia Borges ou percorrer cidades de olhos vendados? Fazer cestas de junco e só depois amassar e cozer o pão ou inverter a ordem e comer o pão antes de ele chegar à cesta? São algumas das experiências que, para usufruir, só necessita de se inscrever aqui.

.

Recomendado




POPULARES