Ligue-se a nós

Sociedade

Bloco de Esquerda defende laboratório público dedicado a testes Covid-19 em Leiria

Os bloquistas alertam também para as “situações de bullying social sobre os trabalhadores, como acontece atualmente na Rodoviária do Lis”.

Publicado

em

Laboratório saúde
Foto: Pixabay

A Comissão Concelhia do Bloco de Esquerda de Leiria apresentou ao Município de Leiria um programa de dez medidas de emergência para o reforço do combate à pandemia de Covid-19, de acordo com um comunicado do partido.

A primeira medida prevê a criação de um laboratório público, integrado no Serviço Nacional de Saúde (SNS), dedicado ao diagnóstico e teste do Covid-19, a funcionar no Hospital Santo André.

Com uma capacidade de realização de, até 1.000 testes/dia, a prioridade deveria abranger os profissionais de saúde, forças de segurança, pessoas que tenham estado em contacto com pessoas infetadas, idosos em todos os lares e casas de repouso, pessoal auxiliar, médico e paramédico, entre outros prioritários.

Do conjunto de medidas, o Bloco de Esquerda defende ainda a “confeção de refeições take-away para as crianças de escalão A e B da ação social escolar, com distribuição de pequeno-almoço, almoço e lanche a quem necessitar”.

Ao nível laboral, os bloquistas alertam para as “situações de bullying social sobre os trabalhadores, como acontece atualmente na Rodoviária do Lis com o anúncio da não renovação dos contratos”.

“Não permitir que a democracia fique de quarentena” concluem os bloquistas sugerindo que “todas as reuniões de Câmara e Assembleias Municipais que venham a realizar-se neste período de emergência deverão ser transmitidas on-line, possibilitando a participação dos eleitos e dos cidadãos à distância, pois a pandemia não suspende a democracia”.

.

Recomendado




POPULARES