Ligue-se a nós

Sociedade

Bloco de Esquerda acusa Roca, Decathlon e Bomcar de abuso laboral

As denúncias terão sido enviadas para a plataforma www.despedimentos.pt, criada pelo Bloco de Esquerda para receber queixas de abusos e desrespeitos laborais.

Publicado

em

Fábrica soldar
Foto: Pixabay

A Comissão Concelhia do Bloco de Esquerda de Leiria denunciou três empresas, com operações em Leiria, por abuso laboral durante o Estado de Emergência.

“A Roca (…) mandou trabalhadores para casa até ao final do mês de março e impôs, sob ameaça de processo disciplinar ou despedimento que estas horas venham a ser devolvidas em trabalho extra”, avança o partido.

A empresa de loiças, a maior exportadora no distrito de Leiria, “vai despedir cerca de 200 pessoas que estão mediadas pelas empresas de trabalho temporário ADECCO e ManPower”, segundo o Bloco de Esquerda.

A Decathlon, de acordo com o partido, “despediu dez trabalhadores não efetivos da loja de Leiria”.

Já a “Bomcar Automóveis S.A., com lojas em Leiria e Coimbra, segundo os denunciantes, perante a necessidade de implementar medidas de contingência, colocou trabalhadores em regime de teletrabalho, contudo as chefias comunicaram entretanto aos trabalhadores e trabalhadoras que teriam de descontar dias de férias mesmo estando em serviço, ainda para mais com efeitos aos dias em que já estavam em regime de teletrabalho”.

De acordo com o BE, os trabalhadores da Bomcar afirmam que lhes “vai ser retirado o subsídio de isenção de horário e também os prémios periódicos, ainda referentes a fevereiro”.

As denúncias dos trabalhadores terão sido enviadas para a plataforma eletrónica www.despedimentos.pt, criada pelo partido para receber denúncias de abusos e desrespeitos laborais.

O Notícias de Leiria contactou as três empresas mencionadas e aguarda uma reação.

.

Recomendado




POPULARES